leia

O que se estuda em Administração de Empresas?

Por Por Camila Nogueira

Administrar uma empresa é uma tarefa que requer muito preparo. O profissional pode gerenciar a organização como um todo ou atuar em apenas um de seus setores, como o financeiro ou o Recursos Humanos.

Logo, é natural que esse bacharel precise conhecer um pouco de tudo: do custo e composição das matérias-primas às tecnologias incorporadas ao processo de produção até chegar as técnicas para motivar os colaboradores.

Alinhada a essa proposta, a grade curricular do curso de administração em Recife interage com disciplinas de várias áreas do conhecimento, com o objetivo de prepará-lo para os desafios que você terá que enfrentar em seu dia a dia.

faculdade de administração no em Recife

Da Língua Portuguesa a Estatística

A faculdade de administração no em Recife retoma vários dos conteúdos vistos no Ensino Médio, com uma abordagem mais focada. Como exemplo, temos o Português Instrumental.

Nessa disciplina, os alunos aprendem a escrever, interpretar e compreender os diferentes tipos de textos, incluindo as características específicas da redação técnica. Em termos práticos, você vai descobrir, por exemplo, que o uso indiscriminado do gerúndio empobrece o texto: tenha cautela com  “vamos estar analisando” em documentos oficiais.

Na direção oposta, o administrador precisa ter habilidade com cálculos. Nesse sentido, são vistas disciplinas como Matemática, Matemática Financeira e Estatística.

Do Direito a Economia

Durante a graduação, o bacharel em administração adquire noções sobre diversas outras áreas do conhecimento, como Direito, Economia, Comércio Exterior, Empreendedorismo e Inovação.

O propósito de uma formação tão versátil  não é torná-lo um especialista, mas  dar condições para a tomada de decisões mais consistentes, que vão ao encontro das metas de uma organização. Antes de fechar um negócio, por exemplo, é preciso saber se há algum impedimento legal para a sua concretização.

Em outras palavras, o administrador deve levar em consideração o contexto, considerando aspectos internos e externos que interferem no desempenho da organização e também o impacto de suas resoluções para colaboradores, clientes e a comunidade.  

Da negociação ao relacionamento com diversos públicos

Ao longo do curso, o administrador também será treinado para se relacionar com outras pessoas, exercitando sua habilidade de negociação: em outras palavras, é necessário adaptar suas estratégias ao perfil de quem está do outro lado da mesa.

Também é importante que ele entenda o comportamento do consumidor: quais aspectos são mais relevantes na hora de fechar um negócio? Quais fatores podem motivá-lo ou então fazer com que ele desista de uma compra? Esse conhecimento é importante para que ele consiga adequar os seus produtos e serviços aos novos padrões de exigência.

Por fim, o acadêmico também aprenderá os preceitos básicos da gestão de pessoas, a fim de conseguir despertar nos seus colaboradores o desejo de se comprometer com as metas organizacionais.

Concorda que versatilidade é um conceito apropriado para se referir ao administrador de empresas? Conheça melhor a nossa infraestrutura e descubra os motivos que nos credenciam a estar entre as melhores faculdades em Recife: baixe nosso e-book agora mesmo!

Leia também: Entenda por que Administração é uma das melhores carreiras do mercado

Tags: ,

Tags: Administração, Faculdade

Receba os melhores conteúdos da FICR no seu e-mail!